Agência das Bacias PCJ vai implantar projeto inovador com objetivo de combater perdas de água em Capivari/SP

Agência das Bacias PCJ vai implantar projeto inovador com objetivo de combater perdas de água em Capivari/SP

Um projeto inovador com o objetivo de combater as perdas de água e melhorar a gestão do sistema de abastecimento em Capivari (SP) será implantado pela Agência das Bacias PCJ a partir de setembro. A medida segue deliberação dos Comitês PCJ (Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí), por iniciativa das Câmaras Técnicas de Saneamento (CT-SA) e de Integração e Difusão de Pesquisas e Tecnologias (CT-ID). A ordem de serviço foi emitida pela Coordenação de Projetos PCJ na segunda-feira, dia 29 de agosto, no auditório do SIAM (Serviços Integrados da Administração Municipal), em Capivari. O investimento será de cerca de R$ 600 mil, com recursos provenientes da Cobrança PCJ Federal (cobrança pelo uso da água em rios de domínio da União).

Implantação do Giswater ajudará município a melhorar gestão do abastecimento público“O pioneirismo é importante, principalmente quando um projeto vai ser modelo. Você pensar hoje em mapear toda essa questão hídrica, evitando perdas…. a água é um bem em escassez no mundo. Em muitos países já existem dificuldades, municípios um pouco maiores do que Capivari já sofrem muito com a estiagem. Nós somos muito gratos com a Agência das Bacias PCJ por escolher Capivari. E nós vamos ser, seguramente, o primeiro município com menos de 100 mil habitantes a implantar essa importante ferramenta tecnológica”, ressaltou o prefeito Vitor Hugo Riccomini.

A empresa contratada, por meio de licitação realizada pela Agência das Bacias PCJ, é a CPS Engenharia e Soluções, de São Paulo (SP). O objetivo é implantar a ferramenta Giswater no sistema de abastecimento de água do município para a estruturação do cadastro técnico (inventário do sistema) e gestão, visando a melhoria do sistema e possibilitando a redução e controle das perdas de água. O Software Giswater é um sistema de informação geográfica que ajuda a gerenciar os dados das companhias de saneamento para controle de perdas hídricas no sistema de abastecimento público. O prazo para a execução do contrato é de 15 meses.

A implantação do Giswater é um projeto inovador com pouquíssimos casos no Brasil, sendo amplamente utilizado e estudado na Espanha. As perdas hídricas configuram-se como um problema comum nas companhias de saneamento e atualmente o Plano das Bacias PCJ 2020-2035 possui metas estabelecidas para o controle de perdas hídricas no abastecimento. Implantado e funcionando como ferramenta de cadastro técnico, simulação hidráulica e gestão operacional, o Giswater está atualmente somente nas companhias estaduais COSANPA (Companhia de Saneamento do Pará) e SANEAGO (Companhia Saneamento de Goiás S/A).

É um projeto piloto no âmbito das Bacias PCJ. A ideia é replicar o projeto aos outros municípios da região. “A ideia é que Capivari seja uma referência para as Bacias PCJ, de tal modo que a gente consiga melhorar o entendimento sobre a gestão do serviço de água. Não é só combater as perdas. É fazer com que todo o sistema seja bem gerenciado, evitando desperdícios e otimizando as ações, fazer melhor o planejamento: o que que precisa fazer, onde precisa fazer, onde precisa investir com mais precisão, evitando gastar mais dinheiro que o necessário. Lógico que vamos aprender bastante com ele e queremos que todos os serviços de saneamento aprendam com esse projeto. Vai ser uma grande sala de aula para todos nós”, avaliou o diretor-presidente da Agência das Bacias PCJ, Sergio Razera.

“O projeto é mais uma parte desse movimento de inovação do setor. Os Comitês PCJ, como um todo, contribuem no incentivo para que as empresas e instituições permanentemente estejam inovando. E a inovação no setor de água e saneamento é fundamental”, completou o coordenador da CT-ID, professor Tadeu Malheiros.

Segundo informações da Coordenação de Projetos da Agência das Bacias PCJ, o software servirá para auxiliar na gestão do controle de perdas de água, colaborando para o atingimento das metas estabelecidas no Plano das Bacias PCJ para curto, médio e longo prazos. O Giswater possibilitará ao SAAE Capivari ter uma visão sistêmica de seu sistema de abastecimento, agilizando a tomada de decisões e buscando a maximização na utilização dos recursos hídricos. “Esperamos com a implantação dessa nova ferramenta melhorar o nosso sistema de abastecimento com a redução de perdas hídricas, preservando a água e garantindo o abastecimento com qualidade para a nossa população”, destacou o superintendente do SAEE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) de Capivari, Bruno Sampaio.

O ato também contou com a presença da diretora técnica da Agência das Bacias PCJ, Patrícia Barufaldi, a coordenadora de Projetos Elaine Franco de Campos, o diretor da CPS Engenharia, Luiz Roberto Gravina Pladevall, entre outros convidados.

Etapas

O projeto em Capivari contará com cinco etapas ao longo de 15 meses. A primeira será a elaboração de um plano de trabalho e a formação de um grupo técnico de acompanhamento. A segunda etapa consiste na coleta de dados e montagem e a customização do sistema Giswater para o município. A terceira é a implantação do sistema e conversão do cadastro técnico atual. A quarta é a implantação do modelo hidráulico operacional. A quinta e última etapa é a operação assistida e atendimento técnico ao sistema implantado.

 

FONTE: https://saneamentobasico.com.br/outros/geral/bacias-pcj-projeto-combater-perdas-capivari/