Missão da ANA discute governança da água em evento da OCDE nos Países Baixos

Missão da ANA discute governança da água em evento da OCDE nos Países Baixos

Integram a comitiva da ANA representantes dos órgãos gestores estaduais, Suzana Montenegro, Diretora-Presidente da APAC, Agência Pernambucana de Aguas e Clima, e Bruno Rebouças, Diretor de Operações da COGERH, Companhia de Gestão de Recursos Hidricos do Ceará.

Entre 19 e 20 de setembro, em Haia, nos Países Baixos, a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) participou da 17ª Reunião da Iniciativa de Governança da Água (WGI na sigla em inglês) da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). A missão da ANA foi liderada pelo diretor Filipe Sampaio, que é o ponto focal da Agência na WGI. Acompanharam o Diretor sua assessora, Tauana Monteiro, e o Secretário-Geral, Nazareno Araújo.

A Iniciativa de Governança da Água reúne representantes de setores públicos e privados que compartilham experiências e boas práticas para a governança do setor de recursos hídricos nos países que a integram. A delegação da ANA, única instituição brasileira que compõe a Iniciativa, trabalhou para reforçar a posição da Agência junto à OCDE e contribuiu para a construção do Programa de Trabalho da WGI para o biênio 2022 a 2024. O Programa aponta dois pontos de partida: como garantir a continuidade e a implementação dos princípios da governança da água da OCDE e como estimular as experiências que liguem a governança da água às transições climáticas. Além disso, houve oportunidade se debater qual será a atuação da WGI na Semana da Água das Nações Unidas, a ser realizado em março de 2023.

Para o diretor Filipe Sampaio, a participação brasileira em fóruns internacionais de alto nível é necessária dada a importância do País nos assuntos relacionados aos recursos hídricos. Sampaio também fez intervenção durante o evento apresentando o relatório produzido pela OCDE “Fostering Water Resilience in Brazil” e destacou como esse documento é essencial para ajudar a Agência a traçar próximos passos em termos de segurança hídrica, governança e instrumentos econômicos em bacias e os desafios do saneamento. O Relatório é resultado do 3° Diálogo entre ANA e OCDE e foi debatido ao longo dos últimos 3 anos, com participação de mais de 200 atores envolvidos nas temáticas.

A próxima reunião da WGI está prevista para acontecer em julho de 2023 e será o pontapé inicial para encaminhar como a Iniciativa contribuirá para o 10° Fórum Mundial da Água, em Bali, Indonésia. Por fim, foi apresentada a nova chair da WGI, Bárbara Pompili, ex Ministra do Meio Ambiente da França e atual Deputada na Assembleia Francesa. Em breve bilateral com o Diretor Filipe, Bárbara destacou a importância de o Brasil se envolver cada vez mais na WGI e enxerga a proximidade das instituições com enorme potencial de contribuição para a gestão integrada dos recursos hídricos.

 

FONTE: https://www.gov.br/ana/pt-br/assuntos/noticias-e-eventos/noticias/missao-da-ana-discute-governanca-da-agua-em-evento-da-ocde-nos-paises-baixos